BLOG BMJ

Como Mandetta e Bolsonaro querem  combater o coronavírus

18/03/2020 09:09:47 / por Lucas Fernandes

Mandetta e BolsonaroTrabalho é o que podemos oferecer. Muito trabalho baseado em ciência. Nós vamos atravessar isso juntos”. O ministro da Saúde Luiz Mandetta escolheu essas frases para encerrar a coletiva de imprensa desta terça-feira (17). Apesar de ser um discurso esperado para uma autoridade sanitária em meio ao surto do coronavírus, a fala ganha uma nova conotação quando se observa a dinâmica da política e o semblante do ministro ao fazer a declaração.A postura do ministro Mandetta tem sido elogiada mesmo entre oposicionistas e o tem colocado no centro dos holofotes em um enquadramento narrativo bastante positivo. Inclusive ao lado de desafetos de Bolsonaro, como João Doria e os presidentes da Câmara, do Senado e do STF.

Em resposta, o presidente criou um comitê interministerial de crise e escolheu o ministro da Casa Civil para chefiar as atividades. É óbvio que o aumento das autoridades envolvidas é positivo, mas o atrito nos bastidores pode afetar a capacidade de resposta do governo.

Como se não bastasse, Bolsonaro tem feito declarações que o colocam em rota de colisão com Mandetta. Além de criticar medidas de isolamento social aplicadas por governadores, o Presidente ainda disse que vai receber convidados para comemorar seu aniversário no fim de semana.Na coletiva, Mandetta conseguiu se livrar das perguntas e evitou se indispor com o Presidente. Resta saber até quando isso será possível. Se em situações normais o manejo de crises internas foi o principal desafio do governo, neste momento excepcional o panorama não deve ser diferente.

Tópicos: Jair Bolsonaro, Análise Política, Coronavírus, Luiz Mandetta, Saúde

Lucas Fernandes

Escrito por Lucas Fernandes

Lucas integra o núcleo de Relações Governamentais da BMJ desde 2016 com foco em análise política e processo legislativo.

Assine nosso Newsletter

Posts Recentes